Freguesias

Filipa Leite defende que chegou a hora de unir Polvoreira

Publicado a 16 junho 2017 em Freguesias
Filipa Leite defende que chegou a hora de unir Polvoreira

“Chegou a hora de as gentes desta terra deixarem de ter uma freguesia desunida”. É nestes moldes que Filipa Leite se apresenta, “na expectativa de que as pessoas querem uma freguesia com paz, com capacidade de agregar, para levar a um futuro promissor”.

O principal compromisso de Filipa Leite é unir Polvoreira. “Vamos trabalhar num projeto novo para Polvoreira. Com esperança, dedicação e coragem atingiremos a mudança”. A candidata alicerça a sua candidatura em seis pilares: “Solidariedade e união: Só fomentando a agregação de esforços conseguiremos o bem-comum; Acessibilidade e segurança: vias de acesso. Investir na acessibilidade é investir na segurança; Inovação e modernidade: colocar a tecnologia ao serviço de todos é um pilar do nosso programa; Cultura e Desporto: munir as instituições com espaços próprios, apoiar com investimento equitativo; Espaços verdes e lazer: um local onde se possa respirar ar puro dá saúde; Ação social e segregação.

José Pedro Aguiar-Branco considera que “não devemos perder mais tempo para que a mudança aconteça”. E motiva os presentes a ajudarem nesta caminhada. “Há um desejo enorme em resolver os problemas deste concelho. A frontalidade e a lealdade que André Coelho Lima mostra com todos os candidatos à Junta, é de realçar”.

André Coelho Lima fala em “lufada de ar fresco” para definir a mobilização desta noite e na dinâmica de toda a equipa de Filipa Leite”. “Polvoreira não tem dono. Polvoreira vai beneficiar com esta paz e tranquilidade, sem ser contra ninguém. Na freguesia, tal como na Câmara, não estamos contra ninguém. Estamos por Guimarães, estamos por Polvoreira”.

“Dá-me um grande orgulho ver equipas jovens, determinadas, pessoas que querem fazer mais. Pessoas que querem dar aos outros, dar de si para construir uma vida melhor. Nós não temos um conjunto de candidatos que ambicionam o poder. Ambicionam servir e trabalhar para os outros” diz André Coelho Lima.

“Nós propusemos uma ligação que liga a rodovia de covas direta à rotunda da Avenida D. João IV. Com pequenas alterações pode-se fazer tanto pela vida das pessoas. É um quilómetro mas aqui faz falta às pessoas”, terminou o candidato.